Muita gente tem dúvida sobre o que é uma seguradora e como contratar uma proteção para os seus bens. Às vezes, a pessoa economiza por vários anos para, finalmente, realizar o sonho de formar um patrimônio para a família.

    Contudo, devido a uma série de riscos, como criminalidade, danos causados pelo tempo, acidentes, entre outras causas, o indivíduo vê a necessidade de ter algum tipo de proteção para o bem. Afinal, o valor investido nas aquisições geralmente é alto, especialmente de veículos e imóveis. Logo, o comprador não quer perder do dia para a noite algo que demorou meses ou anos para conseguir.

    Para proteger os seus bens contra possíveis riscos, entenda a seguir o que é uma seguradora e saiba o que considerar na contratação dos serviços ofertados por esse tipo de empresa!

    O que é uma seguradora?

    Seguradora é uma empresa que assume determinados riscos no lugar do cliente, em troca do pagamento de certa quantia prévia, chamada de prêmio. Caso a situação temida se concretize, pode ocorrer de o segurado ter que pagar uma franquia à seguradora para obter a indenização contratada. Essa condição precisa estar descrita na apólice de seguro, que é o documento que formaliza o contrato entre as duas partes. 

    No Brasil, as seguradoras são fiscalizadas pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), uma autarquia federal que também controla os mercados de capitalização, resseguro e previdência complementar aberta.

    O que levar em conta na hora de contratar seguro?

    seguro serve justamente para proteger a pessoa ou determinado bem contra certos riscos. Entretanto, como existem diferentes tipos de ofertas no mercado, o cliente precisa pesquisar bem as propostas. Assim, é possível escolher a que mais se encaixa nas suas demandas.

    Veja a seguir alguns aspectos que você precisa analisar antes de adquirir o seu seguro!

    Necessidade

    Idade, estilo de vida, sexo e local de trabalho estão entre os fatores que influenciam no preço do seguro. Para escolher o melhor tipo de serviço para o seu caso, é importante que você avalie a sua necessidade de proteção.

    Tenha em mente que a seguradora só pagará a indenização se as condições estipuladas em contrato forem atendidas. Por exemplo, no seguro veicular, é preciso constar quem são os motoristas cobertos pela proteção, para não haver problemas na hora de acionar o serviço.

    Tipos de seguro

    Agora que você já sabe o que é uma seguradora, também precisa conhecer os modelos de seguro existentes no mercado. Hoje em dia, é possível contar com diversos tipos de proteções, para resguardar sua saúde, seu carro, sua casa e até sua vida. Dessa forma, você pode contratar o serviço que atende melhor a sua necessidade.

    Situações que não são cobertas pelo seguro

    No caso de seguro para automóvel, por exemplo, é possível contratar proteção contra furto, roubo, acidente, incêndio, cobertura para terceiros etc. Assim, antes de adquirir a sua apólice, é importante checar o que o seguro cobre e o que não está incluso no serviço, para evitar surpresas desagradáveis depois.

    Ao analisar com atenção todos esses pontos, você poderá se resguardar com mais eficiência dos possíveis riscos contra os seus bens.

    Gostou do conteúdo? Compartilhe este post nas suas redes sociais e mostre para outras pessoas o que é uma seguradora!