Seguro de viagem-2

Seguro de viagem: quais seguros fazer antes de viajar

Março 2019

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Poucas sensações são tão boas quanto arrumar as malas e fazer uma viagem. Seja qual for o destino, passar alguns dias fora de casa aproveitando esse período é parte importante da vida de muitas pessoas.

No entanto, ao contrário de você, os riscos que nos cercam não tiram férias. É essencial estar protegido dos diversos contratempos que podem surgir durante esses dias. E a melhor forma de se prevenir é contratando um seguro de viagem. Descubra mais no texto!

Seguro de viagem

O seguro de viagem é uma forma de proteção contra problemas de saúde e outros imprevistos. Ele vale durante o período em que o titular da apólice está fora. Isso previne gastos extras se você ou seus acompanhantes tiverem alguma emergência médica enquanto estão longe de casa. Além disso, alguns seguros oferecem amparo em caso de extravio de bagagem, remarcação de passagens, gastos com despesas jurídicas e auxílio-funeral.

Para não ter surpresas, é importante pesquisar se o seu destino exige a contratação de um seguro desse tipo. Muitos países (vários do continente europeu e a Austrália) obrigam que todos os estrangeiros que entrem em seus territórios portem essa proteção. E mesmo onde não é obrigatório (Estados Unidos, por exemplo), sua contratação é altamente recomendável, diante dos custos de procedimentos de saúde nesses países.

Seguro de vida

Enquanto o seguro de viagem oferece proteção temporária durante o período do passeio, os seguros de vida garantem uma assistência mais prolongada. Esse tipo de seguro fornece ao segurado a certeza de que seus familiares dependentes receberão uma indenização caso algo de ruim venha a acontecer consigo (morte ou invalidez, por exemplo).

Seguro residencial

Além de pensar no que pode acontecer enquanto você aproveita a viagem, é preciso se precaver quanto ao que pode atingir sua residência durante sua ausência — já que provavelmente ela permanecerá vazia por algum tempo. Entre os vários riscos aos quais sua propriedade está exposta, estão os incêndios, arrombamentos e danos causados pelo clima.

No entanto, é preciso ficar atento às coberturas incluídas na apólice do seguro residencial. As mais básicas preveem o ressarcimento dos prejuízos causados apenas por incêndios e raios. Mas é possível acrescentar proteções e até mesmo contar com assistência 24 horas para pequenos reparos. Embora esses extras encareçam o valor a ser pago, o investimento costuma valer a pena.

Seguro auto

Se você vai colocar o pé na estrada e fazer sua viagem de carro, não se esqueça de que a proteção para o veículo também é importante, tornando indispensável a contratação de um seguro auto.

As categorias mais comuns são aquelas que cobrem o veículo segurado em caso de acidentes, incêndios e roubos. Além disso, é possível contar com o seguro para proteção contra terceiros, que ressarce danos causados a outros motoristas e serviços extras — como guincho sem limite de quilometragem e assistência mecânica.

Para quem vai rodar pelos países do Mercosul, é obrigatória a contratação do seguro chamado de "carta verde", que cobre danos contra terceiros em acidentes envolvendo veículos de placas de países diferentes.

Na hora de contratar um seguro de viagem, ou qualquer outro tipo de seguro, é importante checar a reputação da seguradora. Veja se ela está registrada na SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) e avalie com cuidado a apólice, para saber o que será ou não coberto e o que deve ser feito para acionar o seguro — o que esperamos que não seja necessário.

Quer as melhores opções de seguro com uma empresa com anos de experiência no setor? Entre em contato com a Rodobens agora mesmo!

Comentários

Consórcio rodobens

Últimos Posts

  • Muitos de nós temos sonhos como a compra de um carro novo ou a aquisição do primeiro imóvel, não é mesmo? E uma boa saída que várias pessoas encontram para transformar esses desejos em realidade está nos consórcios. Essa já é uma tradicional forma de aquisição de bens de valores mais elevados entre os brasileiros, oferecendo baixos riscos e possibilidades reais de compra.

  • O consórcio costuma ser a melhor opção oferecida pelo mercado para a compra de bens como imóveis ou veículos quando não há dinheiro para o pagamento à vista. Esse modelo permite que haja um melhor planejamento financeiro, além de livrar você das taxas de juros aplicadas pelas instituições financeiras nos financiamentos.

Consórcio rodobens Test-drive Mercedes

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esses no seu email?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail e tenha informações em primeira mão.