Seguro patrimonial: o que é e como funciona

Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Muitas vezes, os bens conquistados ao longo da vida pessoal e profissional podem estar expostos a riscos externos, como incêndio, raio, inundações, acidentes e furtos. O seguro patrimonial é a solução ideal para ter tranquilidade e segurança em relação a essas propriedades, garantindo a reparação em caso de danos.

Para encontrar uma boa opção, é preciso buscar uma corretora de seguros de confiança e com credibilidade, montando uma apólice adequada às suas necessidades. Assim, você obterá o melhor custo-benefício na contratação.

Neste conteúdo, explicamos o que é seguro patrimonial e quais são os cuidados ao contratar a sua apólice. Continue a leitura e tire suas dúvidas!

O que é um seguro patrimonial?

O seguro patrimonial tem o objetivo de proteger os bens de uma pessoa ou organização contra danos. Para isso, se os prejuízos cobertos em contrato acontecerem, você recebe uma indenização para compensar os danos gerados. Logo, pode usar os bens com mais segurança e tranquilidade.

Esses seguros são aplicados na proteção do patrimônio pessoal ou empresarial. Em ambos os casos, temos mais previsibilidade sobre o destino de nossas conquistas, dispondo de recursos para lidar com imprevistos graves e não sofrer com a falta de um patrimônio importante para nossas atividades pessoais e profissionais.

O que o seguro patrimonial cobre?

O seguro patrimonial pode ser realizado para bens móveis (veículos, eletrônicos, máquinas, equipamentos etc.) e imóveis (terrenos, casas, apartamentos, galpões, salas comerciais, entre outros).

Boa parte deles podem ser protegidos com a compra de seguros já adaptados às necessidades do bem; nos demais casos, existe a possibilidade de fazer a cotação específica.

A cobertura básica do seguro patrimonial geralmente abrange os seguintes riscos:

  • incêndio;
  • raio;
  • explosões diversas.

Você pode solicitar coberturas complementares ao seguro básico. Existem diversas opções, e o ideal é consultar a corretora de seguros. Veja alguns exemplos:

  • incêndio em propriedade rural;
  • danos elétricos;
  • quebra de máquinas industriais;
  • restituição de receita perdida pela paralisação de máquinas e atividades;
  • colisões de veículos;
  • desmoronamentos;
  • vazamentos de gás e água;
  • pequenos incidentes domésticos;
  • quebra de vidros;
  • furto e roubo;
  • vendaval.

Também existe a modalidade de seguro amplo, cobrindo qualquer evento que possa causar dano, exceto os excluídos em contrato.

As coberturas do seguro patrimonial costumam ser adaptadas às particularidades dos diferentes tipos de bens. Assim, a pessoa interessada pode proteger propriedades que não sejam imóveis, como eletrônicos, máquinas e equipamentos, com o melhor custo-benefício. Isso sem contar que a cobertura pode alcançar os riscos diversos para danos não enquadrados em outras categorias.

Por que é importante investir em um seguro patrimonial?

Escolher uma apólice de seguro é uma medida de educação financeira e proteção. Os segurados realizam um investimento mínimo e previsível mensalmente para que, em caso de um imprevisto grave, seja possível arcar com o prejuízo.

Para as empresas, com um bom seguro patrimonial, você consegue proteger toda a infraestrutura do negócio. Logo, diante de imprevisto, conseguirá manter suas atividades sem dores de cabeça, tendo um empreendimento mais saudável e sustentável no longo prazo.

Além disso, existem diversas coberturas e modalidades específicas para proteção do seu patrimônio, dependendo do seguro escolhido.

Logo, você pode dormir tranquilo em relação aos cuidados com o seus bens pessoais e empresariais, que estarão devidamente assegurados contra os riscos do seu dia a dia.

Com isso, você tem diversos benefícios:

  • tranquilidade para fazer uso dos seus bens;
  • saúde financeira diante de eventos danosos;
  • diversas coberturas e assistências;
  • possibilidade de continuar suas atividades rapidamente após o sinistro;
  • previsibilidade e controle acerca das despesas.

O papel do seguro é oferecer garantias contra os riscos que podem vir a prejudicar o seu patrimônio, permitindo que você foque suas energias em atividades pessoais, profissionais e empresariais.

Como fazer a contratação de um seguro patrimonial?

A contratação do seguro patrimonial deve ser realizada em uma seguradora de confiança, com uma corretora que tem boa reputação no mercado. Isso porque, em conjunto com os especialistas da corretora, você entenderá quais são as suas necessidades e escolherá as coberturas para os seus bens.

Na Rodobens, desenvolvemos serviços exclusivos nesse sentido. Entre outras ações, ajudamos você a encontrar o seguro ideal da seguinte forma:

  • praticidade na contratação, com cotação e processo online;
  • flexibilidade de pagamento, com opções como cartão, boleto e débito em conta;
  • customização das cobertura e bens indicados;
  • modalidades específicas para proteção do seu patrimônio;
  • consultoria especializada para tirar dúvidas e encontrar a melhor solução para seu caso.

Além disso, em diversos seguros, os clientes contam com serviços preventivos de manutenção e check-ups sem pagar nada a mais por isso, que ajuda nos cuidados com o patrimônio.

Sendo assim, você terá acesso a um seguro patrimonial adequado, obtendo as coberturas que realmente fazem sentido para os seus bens. Logo, alcançará o melhor custo-benefício ao realizar a contratação.

Gostou das informações sobre seguro patrimonial? Então, conheça as opções de seguros da Rodobens!

Quer receber mais conteúdos como esses por email?

Cadastre-se para receber nossos conteúdos por email e tenha informações em primeira mão:

Use seu imóvel para tirar seus planos da gaveta

Comentários