veiculos-comerciais-terceirizacao-de-frotas-pros-e-contras-dessa-pratica

Terceirização de frotas: prós e contras dessa prática

Outubro 2018

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Quem administra uma empresa que depende de veículos para a prestação de serviços logísticos ou para uso dos funcionários costuma lidar com uma questão importante: afinal, será que vale a pena fazer a terceirização de frotas?

Para ajudá-lo a decidir sobre o que é melhor para seu negócio, mostraremos ao longo deste post como funciona a terceirização de frotas e quais são as vantagens e desvantagens dessa opção. Interessado? Então acompanhe!

CTA_Manual-prático-de-gestão-de-frotas_final

Como a terceirização de frotas funciona?

Ainda que muitas pessoas confundam, o processo de terceirização de frota não funciona como a locação de carros.

O aluguel de veículos geralmente é feito em forma de diárias para turistas ou profissionais que estejam em determinada cidade e precisam de um meio de locomoção por um curto período.

A terceirização de frota, por sua vez, é voltada para pessoas jurídicas, envolve a cessão dos veículos por um longo período (variando entre 12 e 36 meses, na média) e uma série de serviços adicionais, como rastreamento, gestão da manutenção e carros reservas.

Quais são as vantagens da terceirização?

Agora que você entendeu como funciona a terceirização de veículos, podemos partir para algumas das vantagens usufruídas por quem conta com esse serviço. Vamos lá?

Redução e previsibilidade de custos

As despesas com os serviços contratados normalmente são menores que se fosse necessário manter uma frota própria. Isso acontece porque as empresas de terceirização conseguem negociar em escala com os fornecedores, diminuindo os custos.

Além de menores, os custos ainda são previsíveis! A partir do que estiver estipulado em contrato, afinal, torna-se possível estimar com alguma antecedência o quanto será necessário gastar com a frota.

Veículos sempre novos e disponíveis

Empresas qualificadas quase nunca mantêm veículos com mais de 5 anos de uso rodando. Quem terceiriza a frota, portanto, sempre contará com carros novos à disposição. Aliás, eles sempre estarão disponíveis, mesmo que seja necessário fazer algum reparo, já que existe a possibilidade de rápida substituição.

Diminuição da burocracia

A empresa contratada se ocupará de toda a burocracia necessária para a manutenção dos veículos em ordem, com todos os documentos e impostos em dia. Ao terceirizar a frota, portanto, sobra mais tempo para o desenvolvimento daquelas atividades realmente essenciais para a empresa.

E quais são as desvantagens?

Apesar dos benefícios que acabamos de mencionar, a terceirização da frota pode sim trazer algumas desvantagens. Conheça as mais comuns!

Menor controle

Quem gosta de ter total controle sobre cada detalhe da frota costuma sofrer ao optar pela terceirização. Nesse cenário, a capacidade de controle diminui, já que, muitas vezes, as decisões são tomadas de forma decentralizada e dependem da empresa contratada.

Menor flexibilidade

Os veículos de uma frota terceirizada só podem ser utilizados de acordo com o que está previsto em contrato. Assim, se surgir qualquer nova necessidade que vá além do estipulado ali, será necessário alterar. E essas mudanças podem demorar um pouco.

Menor rapidez

E se surgir um problema? Com a frota terceirizada, o administrador precisa entrar em contato com a empresa responsável para solicitar a solução. Esse procedimento pode atrasar toda a rotina do negócio, até prejudicando a qualidade do serviço prestado aos clientes.

Diante dessas vantagens e desvantagens, é fato: escolher pela terceirização de frotas passa por uma análise da realidade e das necessidades do negócio. Para quem precisa reduzir custos, essa opção acaba se mostrando mais interessante. Por outro lado, quem quer mais controle ou veículos com características muito específicas, deve priorizar a formação de uma frota própria.

Quer mais detalhes sobre esse assunto? Então aproveite para aprender a escolher definitivamente entre uma frota própria ou terceirizada!

 

Comentários