5 dicas para profissionais autônomos se adaptarem ao trabalho remoto

Março 2020

3 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Diante da necessidade de isolamento social causada pela pandemia do novo coronavírus, diversos profissionais, inclusive autônomos, se viram obrigados a adaptarem suas rotinas profissionais e tiveram que começar a trabalhar de casa.

Para ajudá-lo a encarar essa mudança, reunimos algumas dicas de trabalho remoto para profissionais autônomos. Continue com a leitura e descubra como alcançar bons resultados diante dessa situação atípica!

1. Substitua o modelo de vendas externas pelo de vendas internas

Diante da impossibilidade de se encontrar pessoalmente com potenciais clientes para apresentar seus serviços e fazer negociações, é preciso investir em estratégias para abordar potenciais clientes de maneira remota.

Adequação do discurso

Nas vendas internas, uma prática indicada consiste em priorizar informações objetivas e prezar pelo dinamismo, encorajando o prospect a tomar decisões de maneira mais ágil.

Também é importante projetar perspectivas positivas, justificando o investimento a ser realizado a partir dos benefícios que serão obtidos no cenário pós-pandemia. Por fim, outra dica valiosa é se esforçar para transmitir o máximo de segurança e credibilidade, deixando o cliente mais confortável para aceitar suas propostas.

Realização de reuniões por videoconferência

A videoconferência é a prática que mais se assemelha de uma reunião presencial, gerando ótimos resultados em função da possibilidade de estabelecer um contato mais próximo com o cliente. Com uma boa conexão, uma webcam e um fone com microfone já é possível realizar reuniões à distância de forma prática e efetiva.

Potencialização do uso de aplicativos de mensagens

Para realizar contatos diretos de maneira ágil ou resolver pequenas pendências que demandem soluções imediatas, a comunicação via aplicativos de mensagens é uma excelente alternativa, tendo em vista que permitem diálogos instantâneos e até mesmo o envio de arquivos.

2. Tenha um cantinho para trabalhar

Por mais tentador que seja trabalhar da cama ou do sofá, é importante se preocupar com a ergonomia na hora de realizar suas tarefas. Então, procure por uma mesa na altura adequada e uma cadeira confortável. Para garantir maior produtividade, também é recomendado que o espaço seja tranquilo e bem iluminado.

3. Estabeleça uma rotina de trabalho

Mesmo que não seja necessário sair para trabalhar, tente definir os horários de início e término de suas atividades, incluindo pausas para alimentação durante a jornada. Afinal, não é porque você está em casa que não precisa cumprir algo similar a um expediente, certo? Além disso, criar uma rotina ajuda a evitar que você passe o tempo demais trabalhando e deixe de realizar outras tarefas cotidianas.

4. Adote técnicas para evitar a distração

Uma ótima técnica para driblar a falta de foco no trabalho consiste em dividir seu tempo em pequenos blocos, intercalando-os com espaços para realização de outras atividades. A cada meia hora, por exemplo, você pode passar 5 minutos nas redes sociais, respondendo suas mensagens pessoais ou ainda vendo um vídeo divertido na internet. Manter apenas as notificações essenciais no celular e desligar a televisão também ajudam a fugir das distrações.

Além dessas pequenas pausas a cada período trabalhado, você deve se permitir intervalos maiores esporadicamente, nem que seja para dar uma volta pela casa e tomar um copo d'água ou fazer um lanche. Isso evita o cansaço excessivo e contribui para que sua produtividade se mantenha lá em cima.

5. Use boas ferramentas

Por fim, é importante conhecer boas ferramentas para auxiliar a comunicação e integração durante o trabalho remoto dos profissionais autônomos. Abaixo, indicamos algumas delas.

Zoom

Para fazer reuniões com várias pessoas ao mesmo tempo, você pode recorrer ao Zoom. Na versão gratuita é possível reunir até 100 pessoas em chamadas de no máximo 40 minutos. Já a versão paga não estipula limite de tempo e permite a participação de 500 pessoas.

Google Drive

Quem precisa editar e armazenar documentos, planilhas e apresentações tem no Google Drive uma ótima ferramenta. Tudo pode ser salvo na nuvem e editado de forma colaborativa, de maneira remota.

Slack

Se você realiza atividades em equipe, o Slack é uma ótima ferramenta de comunicação para fins profissionais. As trocas de mensagens são separadas em canais, o que facilita a organização e a visualização por cada um dos membros da equipe. O Slack conta com uma versão gratuita limitada e outra paga, com recursos mais completos.

Trello

Já para organizar o fluxo de tarefas e o andamento de trabalhos em grupo, o Trello é uma ferramenta que ajuda bastante. Com ele, cada participante pode indicar o que está fazendo e quais são os próximos passos a serem desenvolvidos.

O trabalho remoto para profissionais autônomos demanda a mudança de práticas e estratégias. De todo modo, com algumas adaptações, é possível dar andamento às suas atividades e garantir bons resultados!

Gostou das dicas? Então, que tal compartilhar este conteúdo em suas redes sociais? Assim você poderá ajudar outras pessoas que estejam passando pela mesma situação que você.

Comentários