valor mínimo para investir

Existe um valor mínimo para investir? Descubra neste artigo!

Abril 2019

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Está pensando em entrar no mercado dos investimentos, mas não sabe se tem capital suficiente para isso? Essa é uma dúvida comum, pois muitos não entendem bem se há um valor mínimo para investir e, assim, pensam que é preciso fazer grandes aportes para que o dinheiro traga rendimentos.

Por isso, elaboramos este post para você descobrir a resposta e entender as diferenças entre os principais tipos de investimentos. Prepare-se para tirar seu dinheiro da poupança e aplicar onde ele poderá render de verdade!

Existe um valor mínimo para investir?

A quantia inicial depende do tipo de investimento escolhido. Então, não há um valor unificado. Mas é importante lembrar que a soma dos rendimentos está diretamente atrelada à quantia investida, já que se trata de uma taxa percentual. Assim, quanto maior o montante aplicado, maiores serão os lucros.

Portanto, começar com valores muito baixos não trará rendimentos expressivos. Além disso, as taxas cobradas por algumas corretoras de investimentos e instituições financeiras podem anular o lucro que um investimento de baixo valor poderia dar.

No entanto, já existem corretoras que isentam dessa taxa. Dessa forma, dá para iniciar os investimentos com pouco dinheiro e ir aumentando a quantia das aplicações gradativamente.

O mais importante é começar! Então, confira o valor mínimo para investir nas principais modalidades.

Quanto preciso para começar a investir?

Vamos listar aqui os valores mínimos estimados para começar cada tipo de investimento.

LCI e LCA

A Letra de Crédito Imobiliário (LCI) e a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) são aplicações muito atraentes porque não exigem o pagamento de Imposto de Renda. Por causa disso, podem ser mais vantajosas que o CDI (que cobra IR). Além disso, seus rendimentos podem chegar a 75% acima da poupança.

Em LCIs e LCAs, é possível encontrar valores a partir de R$ 5 mil. O mais comum, porém, é uma aplicação de no mínimo R$ 30 mil.

CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é uma das modalidades mais populares entre os investidores que optam pela renda fixa. Trata-se basicamente de um empréstimo feito a bancos. É possível começar a investir com apenas R$ 1 mil, sendo uma alternativa bem acessível.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um projeto que fornece títulos públicos federais para emprestar dinheiro ao governo. O investidor pode comprar frações dos títulos, o que reduz consideravelmente o aporte mínimo das operações. Você consegue encontrar opções a partir de R$ 30. Isso mesmo! Bem reduzido, não é?

Fundos imobiliários

Os FIIs (Fundos de Investimento Imobiliário) são grupos de investidores que se unem para aplicar em empreendimentos imóveis, como edifícios comerciais, hospitais, shopping centers e afins. A remuneração vem por meio da locação, venda, arrendamento e outras operações do setor. Esse montante é dividido entre os investidores.

O valor mínimo para investir vai depender da cota do fundo imobiliário. Existem fundos cotados a R$ 2 e outros a mais de R$ 4 mil, por exemplo.

Ações

Investir em ações de empresas é um tipo de aplicação que oferece maiores riscos, mas também apresenta a possibilidade de altos rendimentos. O valor de cada ação depende bastante. A companhia poderia disponibilizar seus papéis para serem negociados a partir de R$ 1, por exemplo.

A questão que precisa ser analisada é que podem existir outras tarifas agregadas à operação de compra da ação, como a taxa de corretagem. Não valeria a pena pagar R$ 10 para investir R$ 20 em uma ação, por exemplo. Além disso, valores maiores permitem montar uma carteira de investimentos que forneça maior segurança financeira.

Como você viu, o valor mínimo para investir varia bastante. Mas o importante é analisar as opções, o seu perfil e os seus objetivos, a fim de alcançar rendimentos cada vez maiores.

Quer saber mais sobre investimentos e como entrar com o pé direito nesse mercado? Entre em contato conosco!

Comentários

Consórcio rodobens

Últimos Posts

Consórcio rodobens Test-drive Mercedes

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esses no seu email?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail e tenha informações em primeira mão.