310858-saiba-o-que-e-verificado-na-revisao-veicular

Saiba o que é verificado na revisão veicular

Novembro 2019

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Com um carro é possível encurtar distâncias e se locomover para onde quiser. Mas não só de alegria vivem os donos desse bem, afinal, ele também demanda algumas responsabilidades. Um aspecto importante, nesse sentido, é compreender o que é verificado na revisão veicular.

A ação deve ser feita pelo menos uma vez por ano e é necessário que seja minuciosa, verificando todos os circuitos do carro. Isso ajuda a prevenir desgastes, garantir um melhor desempenho do automóvel e promover uma maior segurança no trânsito.
Quer saber em detalhe o que é averiguado? Então, continue com a leitura deste texto. A seguir explicamos o que é a revisão veicular e listamos os itens avaliados. Acompanhe!

O que é revisão veicular?

Esse é um processo pelo qual todos os carros precisam passar periodicamente para verificar a situação de suas peças. Na revisão, o veículo é analisado de forma geral e são averiguados todos os sistemas críticos. Isso ajuda a diminuir os acidentes por falhas e também melhora o desenvolvimento nas ruas.

É importante destacar que a ação é diferente da vistoria automotiva, que consiste na inspeção feita para assegurar que o veículo é original e tem condições de circular seguramente dentro do que propõe a lei.

O que é verificado na revisão veicular?

Agora que alinhamos o nosso entendimento sobre a revisão veicular, abordaremos os itens que são verificados nesse processo. Veja! 

Sistema de motorização

Esse é o sistema responsável por todos os processos que envolvem o funcionamento correto do motor, sendo a sua maior principal função transformar o combustível em energia mecânica por meio da combustão. 

Problemas ocasionados nessa estrutura podem fazer com que o automóvel não consiga ser ligado ou, pior, podem acarretar graves acidentes. Para impedir que isso aconteça, o processo de revisão contempla:

  • o líquido de arrefecimento;
  • o nível do óleo do motor;
  • os filtros de combustível, ar e óleo;
  • a correia dentada;
  • os tensionadores.

Sistema de exaustão

Esse sistema, que abrange o exaustor e o escapamento, tem como o principal objetivo acabar com os gases tóxicos que são produzidos durante a combustão. Uma falha em seu funcionamento impede a filtragem dos poluentes, causando problemas ao meio ambiente e danos à nossa saúde. No mais, a negligência com os cuidados dessa estrutura pode levar a multas, de acordo com o que está descrito no Código de Trânsito Brasileiro.

Por esse motivo, a sua checagem é essencial. Na inspeção são verificados o coletor, silenciador, abafador e o catalisador, importantes instrumentos que auxiliam nos sons do motor. Normalmente, se tiverem algum defeito, é possível trocar apenas a parte afetada, evitando gastos maiores.

Sistema elétrico

As principais peças dessa estrutura são o alternador e a bateria, e ela tem a função de providenciar, transportar e regular a energia elétrica vinda de diversas partes do automóvel. Ou seja, é o sistema que abrange os dispositivos responsáveis por fornecer a energia necessária para o carro andar.

Logo, problemas na elétrica podem fazer com que o veículo pare de funcionar parcial ou totalmente. Com intuito de evitar tais riscos, a revisão examina todos os componentes, medindo o alternador, verificando a bateria, os fios de aterramento e até mesmo os fusíveis.

Outros itens verificados

Além desses três sistemas, existem outros que são avaliadas na inspeção do automóvel — e que também são extremamente importantes para auxiliar no seu bom funcionamento. Alguns exemplos são:

  • o sistema de transmissão, responsável pela força produzida pelo motor para outras partes, como as rodas;
  • a suspensão e direção, que mantém a estabilização do veículo e interferem na direção, respectivamente;
  • os freios, cuja função é de reduzir a velocidade;
  • a injeção eletrônica, que gera fogo para acender a mistura de combustível;
  • os itens segurança, responsáveis por diminuir ou evitar acidentes.

Entendeu melhor o que é verificado na revisão veicular? É importante ressaltar que esse processo é de grande valia para evitar dores de cabeça e aumentar a vida útil do automóvel. Por isso, é melhor se prevenir: não deixe de fazer a revisão em seu veículo!

Gostou do post? Então curta nossa página no Facebook e tenha acesso a outros materiais como este!

Comentários